Revista Bimensal 
Edição 9 - Maio 05
Página

proFORM R
online
 

  
Tema desta edição: Bibliotecas e Centros de Recursos: Investigação, Acção, Reflexão

 

Editorial

Na minha juventude antes de ter saído
De casa de meus pais disposto a viajar
Eu conhecia já o rebentar do mar
Das páginas dos livros que já tinha lido (...)
Ruy Belo

Lançamos com redobrado orgulho a 9ª revista Proformar online correspondendo à segunda edição dedicada às Bibliotecas e Centros de Recursos, com o propósito de sempre, partilhar dinâmicas, reflexões e projectos de investigação/acção levados a efeito por ilustres colaboradores que saudamos pela sua generosa dedicação. Queremos uma vez mais homenagear o livro, a palavra, o leitor, o escritor, o professor, o educador, o estudioso, o animador e o coordenador dos B-CR que, intencionalmente, desenvolvem, no que fazem e no modo como o fazem, o gosto pela leitura, fazendo acreditar no sentido da Educação e da Aprendizagem.

Incrédulos, lemos uma crónica
(1) que faz pensar, dizia chegam todos os dias de madrugada, muito antes do horário de expediente. Vão-se acumulando junto à porta, em bancos já ali colocados para aliviarem as horas de espera. Não se trata de nenhuma fila para hospital ou qualquer outra urgência médica. Não se trata de um local onde se recebam vencimentos ou suplementos monetários. Trata-se de uma fila para aprender. Há quase 10 anos que é assim. Se há instituição portuguesa com sucesso retumbante em Angola, há que nomear o Centro Cultural Português, em Luanda. O êxito é tal que a biblioteca rebenta pelas costuras, funcionando num regime de cadeira quente. ( …) O livro é assim o objecto mais desejado e o mais desgastado. Na sala de leitura, nunca existem espaços vazios nas mesas .( …) Mesmo à hora de calor tórrido, não arredam pé, sempre à espera de um lugar à sombra na sala de estudo e de um livro disponível.

Verdadeiramente o que é persistente e inquietante é perceber-se a fome de formação, a vontade de conhecer novos mundos em língua portuguesa e continuar-se a assistir a estas longas filas de jovens pacientes e sem alternativas.

Reconhecemos sensibilizados, por analogia, a potencialidade do que já construímos em liberdade e democracia, nas nossas Escolas e nas nossas Comunidades, prósperas de recursos educativos e formativos, ao serviço de todos, numa perspectiva inclusiva de desenvolvimento pessoal e social integrado.

Olhamos e reflectimos sobre as desigualdades deste mundo que fala português. Dá que pensar! – Um jovem país, da África Lusófona, Angola, ávido de saberes e de alternativas de futuro, a exigir solidariedades e um velho país, da Europa, Portugal, ávido de soluções e de estratégias de futuro, a exigir vontades.

Saber, ler, ler, ler…

(...)Só sei que tinha o poder de uma criança/ Entre as coisas e mim havia vizinhança/
E tudo era possível era só querer.
Ruy Belo


(1)PINTO, Cândida "O factor português", Jornal Expresso, Lisboa, Nº 1701, Única 59, 4 de Junho 2005.

 

Maria Adelaide Paredes da Silva
Directora do Centro PROFORMAR
 

 

Índice

  • Editorial

  • Leitura, Literacia e Bibliotecas Escolares

  • Os Centros de Recursos e a mudança na Escola

  • A integração das Tecnologias de Informação e Comunicação na Bibliotecas Escolar

  • O Percurso Nacional das Bibliotecas Escolares e a Biblioteca-CR da Escola Secundária Anselmo de Andrade

  • As Bibliotecas Escolares e os Centros de Recursos: uma discussão mais urgente do que actual

  • Bibliotecas escolares e formação de professores

  • Bibliotecas Escolares
    E-learning – uma alternativa pedagógica e formativa em expansão

  • A biblioteca escolar: aproximação a um conceito

  • Links e Bibliografia


Ciclo de Conferências Proformar

VI Oficinas de Formação - A Escola na Sociedade da Informação e do Conhecimento - Palavras e Práticas

PROGRAMA

 

 


Participam neste número

....... Adelaide Silva
Amália Bárrios
Ana Pessoa
Ana Bela Martins

Elsa Conde
Eugénia Raposo
Isabel Alçada
Jorge Arrimar
Odília Baleiro
Rosa Martins

 

 

Coordenação e organização de textos: Proformar
Maio, 2005

Envie as suas sugestões, contributos e críticas para revista@proformar.org Contamos consigo!